ARTIGO

Ácido Úrico

Autor: admin | Data: 12/11/2018

Ácido Úrico

O ácido úrico constitui um produto resultante da metabolização das proteínas que em condições habituais é eliminado pela excreção glomerular sem ônus para a homeostase corporal. Sabidamente em decorrência do seu acúmulo as consequências tipicamente notadas na rotina clínica devido a uma problemática da cristalização são as artralgias por nucleação e formação de cálculos podendo igualmente afetar também os tendões, além do funcionamento renal inicialmente constatado pela presença de proteinúria na diurese oriunda de hábitos dietéticos e da alteração de pH da urina, podendo favorecer a ocorrência de nefrolitíase, crises repetidas de obstrução uretral ocasionando quadro álgico intenso. Em geral, a abordagem a essa problemática pode ser remediada com orientações alimentares, adequações de ingesta hídrica, medicações e em determinadas situações ureterolitotripsia endoscópica. Já em clientes que evoluem com IRA após manobras iniciais para resolução da problemática, não compensada, o tratamento dialítico deve ser instaurado para remoção do excesso de ácido úrico circulante quando não consegue induzir a diurese por tratamento conservador.